Dumplings (gyozas – Momos)

Há receitas que precisam de uma dose de amor, mas esta… esta precisa de uma boa dose de paciência! Prometo-vos no entanto que vai valer bem a pena!


A primeira coisa a preparar é a massa.
A massa é bastante simples e não tem que enganar: à base de farinha de trigo, sal e água.

Se quiserem podem colorir a massa com corantes naturais: matcha ou espinafres moídos para verde, sumo de beterraba para rosa e caril para amarelo.

Para cada cor de massa usei 1 caneca (de 250ml) de farinha de trigo T55 sem fermento e peneirada, 1 pitada de sal e fui adicionando água aos poucos até obter uma massa elástica e fácil de moldar (usei mais ou menos meia caneca de água).

Para que a coloração da massa fique mais homogénea, optem por juntar os corantes à água. A quantidade de corante é a vosso gosto, conforme prefiram cores mais ou menos intensas.

Depois das 3 massas estarem prontas (amarela, rosa e verde) , enrolei num pano ligeiramente húmido e deixei a repousar.

Enquanto as massas repousavam preparei o recheio.


Ingredientes para o recheio:
• 4 dentes de alho picados
• 2cm de gengibre fresco ralado
• 1 pedaço de curcuma fresca ralada (podem substituir por curcuma em pó)
• flocos de chilli a gosto (ou outro picante que prefiram)
• 1 c.sobrem. paprika
• 1 c.chá cominhos em pó
• azeite
• 90g cebola picada
• 60g alho francês finamente cortado
• 10 cogumelos frescos picados
• 60g cenoura ralada
• 60g rebentos de soja
• sal
• coentros

Modo de preparação:
• Numa frigideira larga aquecer um fio de azeite
• Juntar o alho, o gengibre, a curcuma , os flocos de chilli e deixar fritar um pouco até começarem a libertar sabores.
• Juntar a cebola e a paprika.
• Quando a cebola estiver mole, adicionar o alho francês, a cenoura, os rebentos de soja e os cogumelos.
• Temperar com sal (ou molho de soja) e os cominhos.
• Se a mistura começar a ficar muito seca, juntar um pouquinho de água.
•  Rectificar o tempero e polvilhar com os coentros picados.
• Deixar arrefecer.


Com a massa e o recheio preparados, segue-se a parte em que vão ter de depositar muita paciência: a montagem dos dumplings.

• Numa superfície enfarinhada, esticar a massa até ficar com uns 2/3mm de espessura.
A massa deve ficar o mais fina possível mas que não rasgue quando estiverem a rechear.
• Para ajudar o manuseamento da massa podem untar as mãos com azeite.
• Cortar a massa em círculos com a ajuda de um copo ou tigela.
Lembrem-se … quanto mais pequenos os círculos mais dumplings vão ter de montar.
• Adicionar uma ou duas colheres de recheio e fechar a massa.

No youtube, se pesquisarem por “fold dumpling” vão encontrar centenas de vídeos que ensinam a montar os dumplings desde a forma mais simples à mais criativa.


O último passo é cozinhar os dumplings. Podem fazê-lo de duas formas: ou fritam ou cozinham a vapor. Eu geralmente opto pela segunda opção.

Para cozinhar a vapor utilizo a varoma da Bimby, mas também podem utilizar aqueles acessórios que se montam nas panelas para cozinhar a vapor.

Assim, para cozer a vapor na Bimby, devem colocar 1L de água no copo e programar 10min./vel.1./varoma
Enquanto a água aquece, forrar os tabuleiros da varoma com papel vegetal molhado e espremido e pincelar com azeite .
Convém não tapar todos os furos para haver circulação de vapor.
De seguida colocar os dumplings sobre o papel vegetal e programar 25min./varoma/vel.1.


Os dumplings servem bem acompanhados com molho de soja, chutney ou outro molho a vosso gosto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s