Mistura salgada para bagels e pães

Enquanto fazia os bagels estava a pensar com o que os iria polvilhar no final : sementes de sésamo ou papoila? ⁣

Depois lembrei-me : porque não fazer uma mistura de sementes e temperos que elevassem os bagels a outro nível? 

As quantidades foram a olho e utilizei :⁣
• tomate seco picado ⁣
• cebola liofilizada ⁣
• linhaça dourada ⁣
• sementes de abóbora ⁣
• sementes de sésamo pretas e brancas ⁣
• cebolinho liofilizado⁣
• sal grosso ⁣
• sementes de papoila ⁣
• pevides de girassol ⁣
• pinhões ⁣

Triturei tudo muito grosseiramente e ficou pronto em menos de nada. Depois é só conservar num frasco de vidro no frigorífico . ⁣

Esta mistura é óptima não só para polvilhar bagels e pães mas também para enriquecer saladas e sopas.

Bagels

Finalmente decidi experimentar fazer bagels caseiros.
Estes ao contrário dos de compra, que só costumo encontrar embalados e nunca frescos, ficam super fofinhos.

Ao pesquisar um pouco por receitas de bagels, descobri que antes de irem ao forno, passam por uma cozedura rápida em água a ferver.
Assim fica super fofinhos e elásticos por dentro e estaladiços por fora.

Ingredientes:
• 320g água
• 1 saqueta de fermento de padeiro
• 2 c.sobremesa de açúcar (usei mascavado)
• 500g de farinha (usei 250g de farinha de trigo T55 sem fermento + 250g de farinha de trigo integral mas podem usar só farinha normal)
• 2 c.chá sal (usei sal grosso) + sal para a cozedura das bagels
• 1 c.sopa de bicarbonato de sódio
• 1 ovo batido
• sementes de papoila ou sementes de sésamo ou mistura de especiarias e sementes

Modo de preparação:
• Colocar a farinha, o fermento, o açúcar e o sal numa taça.
• Se quiserem podem juntar algumas sementes à massa para enriquecer. Eu costumo juntar 2 c.sopa de sementes de abóbora e 2 c.sopa de sementes de sésamo.
• Misturar a água a pouco e pouco.
• Passar a massa para uma superfície enfarinhada e amassar até obter uma massa homogénea, lisa e elástica.
Caso prefiram amassar na Bimby basta colocar todos os ingredientes no copo e programar 5 minutos / velocidade espiga.
• Formar uma bola com a massa e colocar numa taça polvilhada com farinha.
• Tapar e deixar repousar por cerca de 1 hora, até a massa duplicar o seu volume.
• Voltar a amassar bem a massa.
• Dividir em porções (eu dividi em 8 porções com cerca de 100g).
• Formar bolinhas , espalmar e fazer um buraco no meio.
Não deixem o buraco demasiado pequeno, pois a massa ainda vai crescer durante as cozeduras e se estiver muito pequeno acabará por fechar.
Reservar.
• Entretanto aquecer água num tacho com uma pitada de sal e o bicarbonato de sódio. A água deverá ser a suficiente para cobrir totalmente cada bagel.
• Quando a água levantar fervura, colocar os bagels um a um e deixar cozinhar cerca de minuto e meio de cada lado.
Eu optei por cozer um a um, mas podem usar uma panela mais larga e cozer vários ao mesmo tempo.
Os bagels deverão flutuar assim que colocados dentro de água. Caso vão ao fundo deverão deixar a massa repousar por mais algum tempo.
• Escorrer bem e colocar os bagels cozidos num tabuleiro forrado com papel vegetal.
• Pincelar o ovo batido.
• Polvilhar com sementes a gosto.
Eu usei uma mistura salgada de sementes e especiarias.
• Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 20-25 minutos até os bagels estarem dourados.
No forno coloquei também uma taça de água para manter a humidade durante a cozedura.


Caso não pretendam consumir os bagels todos no mesmo dia, depois de cozidos na água , podem conservar no frigorífico (até 1 dia) ou no congelador.
Assim ficam com bagels pré-cozidos para levar ao forno sempre que queiram.

Bao’s -receita na Bimby

Os bao’s são pãezinhos chineses cozidos a vapor e que podem ser recheados de mil e uma formas.


Depois de ter experimentando bao´s numa carrinha de street food, não descansei enquanto na fiz em casa.

Estes foram recheados com: 
– jaca com molho barbecue
– salada de couve roxa e veggie-naise
– cebola roxa
– cebolinha
– coentros
-malagueta

Ingredientes:
-200ml de água morna
– 1 saqueta de fermento de padeiro (4,6g)
– 20g de açúcar
-500g de farinha T55 sem fermento
– 5g fermento químico
– sal a gosto (eu coloquei 5g) 
-20g de óleo de coco (ou óleo de girassol)
– 25g de leite em pó (opcional. Eu coloquei leite de amêndoa em pó)
– 50ml de bebida vegetal (ou leite)

Modo de preparação:
– no copo da bimby colocar a água morna, o fermento de padeiro e o açúcar. Seleccionar 5seg./vel.5 e deixar repousar cerca de 5 minutos.
– numa taça à parte misturar a farinha, o sal e o leite em pó. De seguida misturar o fermento químico.
– colocar o óleo, a bebida vegetal e a farinha no copo na bimby. Seleccionar 8min./espiga.
– formar uma bola com a massa obtida, colocar numa taça untada com óleo , tapar com um pano húmido e deixar repousar cerca de 1 hora ou até a massa dobrar o tamanho.
– depois da massa levedar, voltar a amassar bem numa superfície polvilhada com farinha, até a massa ficar bem elástica e lisa.
– esticar a massa até ficar com cerca de 1cm de espessura e pincelar com óleo.
– cortar em círculos com 8 a 10cm de diâmetro.
– esticar ligeiramente os círculos até ficarem ovais.
– voltar a pincelar com óleo, dobrar ao meio e pressionar ligeiramente.
– dispor os bao’s sobre quadrados de papel vegetal , tapar com um pano húmido e deixar repousar cerca de 1 hora.
– no copo da bimby colocar 500ml de água, dispor os bao’s na varoma com o papel vegetal para não colarem ao fundo. No entanto tenham atenção em deixar alguns buracos destapados para permitirem a circulação de vapor.
– programar 30min. / varoma / vel. 4.
– no final deixar repousar os bao’s dentro da varoma, sem destapar, cerca de 5 minutos.

E estão prontos para rechear! Eu optei por jaca com molho barbecue mas podem optar por outros recheios a vosso gosto tal como carne de porco desfiada, frango, mistura de vegetais.

Caso tenham ficado com dúvidas na forma como os bao’s devem ser esticados e moldados, aconselho a que espreitem alguns vídeos no youtube que ajudam bastante.