Grão à fricassé

Ingredientes:⁣
•azeite ⁣
•150g cebola picada ⁣
•250g puré de tomate ⁣
•500g grão cozido ⁣
•150g cogumelos frescos laminados ⁣
•250g courgette cortada em cubos ⁣
•150g espinafres ⁣
•1 pitada de açúcar ⁣
•sal e pimenta ⁣
•4 gemas ⁣
•sumo de 1/2 limão ⁣
•salsa picada⁣
•1 c.sopa de mostarda ⁣

Modo de preparação:⁣
•aquecer um fio de azeite ⁣
•juntar a cebola e cozinhar até ficar translúcida⁣
•adicionar o puré de tomate e um pitada de açúcar para cortar a acidez ⁣
•juntar os cogumelos, a courgette , os espinafres e um copo de água. Temperar com sal e pimenta.⁣
•cozinhar por alguns minutos. Se acharem que está a ficar muito seco podem juntar um pouco mais de água.⁣
•juntar o grão e rectificar o tempero. Cozinhar por mais 2/3 minutos.⁣
•numa taça à parte misturar bem as gemas com o sumo de limão , a mostarda e um pouco de água ⁣
•reduzir o lume ao mínimo e adicionar esta mistura de gemas , mexendo sempre para evitar que o molho talhe. ⁣
•no final polvilhar com salsa picada e caso gostem do sabor a limão , podem juntar mais sumo. ⁣

Caril de legumes

Ingredientes:⁣
• 150g cebola picada⁣
• 1 c.sobrem. pasta de gengibre ou gengibre ralado ⁣
• 1 courgette pequena cortada em cubos (+/-170g)⁣
• 100g cogumelos frescos cortados em quartos ⁣
• 200g purê de tomate
• sal ⁣
• azeite ⁣
• caril em pó (usei caril de madras)⁣
• flocos de chilli ou outro picante a vosso gosto ⁣
• coentros picados ⁣
• 400g grão de bico cozido⁣


Modo de preparação:⁣
• aquecer um fio de azeite num tacho⁣
• juntar o gengibre e a cebola ⁣
• quando a cebola estiver mole , adicionar os cogumelos e a courgette ⁣
• cozinhar por 2 ou 3 minutos ⁣
• juntar o purê de tomate ⁣
• temperar com sal, caril e chilli em flocos ⁣
• quando os cogumelos já estiverem cozinhados, adicionar o grão e cozinhar por mais uns minutinhos⁣
• polvilhar com coentros picados e se gostarem podem também refrescar com sumo de lima ou limão ⁣
• servir com arroz ⁣

(Serve 3/4 doses) ⁣

Dumplings (gyozas – Momos)

Há receitas que precisam de uma dose de amor, mas esta… esta precisa de uma boa dose de paciência! Prometo-vos no entanto que vai valer bem a pena!


A primeira coisa a preparar é a massa.
A massa é bastante simples e não tem que enganar: à base de farinha de trigo, sal e água.

Se quiserem podem colorir a massa com corantes naturais: matcha ou espinafres moídos para verde, sumo de beterraba para rosa e caril para amarelo.

Para cada cor de massa usei 1 caneca (de 250ml) de farinha de trigo T55 sem fermento e peneirada, 1 pitada de sal e fui adicionando água aos poucos até obter uma massa elástica e fácil de moldar (usei mais ou menos meia caneca de água).

Para que a coloração da massa fique mais homogénea, optem por juntar os corantes à água. A quantidade de corante é a vosso gosto, conforme prefiram cores mais ou menos intensas.

Depois das 3 massas estarem prontas (amarela, rosa e verde) , enrolei num pano ligeiramente húmido e deixei a repousar.

Enquanto as massas repousavam preparei o recheio.


Ingredientes para o recheio:
• 4 dentes de alho picados
• 2cm de gengibre fresco ralado
• 1 pedaço de curcuma fresca ralada (podem substituir por curcuma em pó)
• flocos de chilli a gosto (ou outro picante que prefiram)
• 1 c.sobrem. paprika
• 1 c.chá cominhos em pó
• azeite
• 90g cebola picada
• 60g alho francês finamente cortado
• 10 cogumelos frescos picados
• 60g cenoura ralada
• 60g rebentos de soja
• sal
• coentros

Modo de preparação:
• Numa frigideira larga aquecer um fio de azeite
• Juntar o alho, o gengibre, a curcuma , os flocos de chilli e deixar fritar um pouco até começarem a libertar sabores.
• Juntar a cebola e a paprika.
• Quando a cebola estiver mole, adicionar o alho francês, a cenoura, os rebentos de soja e os cogumelos.
• Temperar com sal (ou molho de soja) e os cominhos.
• Se a mistura começar a ficar muito seca, juntar um pouquinho de água.
•  Rectificar o tempero e polvilhar com os coentros picados.
• Deixar arrefecer.


Com a massa e o recheio preparados, segue-se a parte em que vão ter de depositar muita paciência: a montagem dos dumplings.

• Numa superfície enfarinhada, esticar a massa até ficar com uns 2/3mm de espessura.
A massa deve ficar o mais fina possível mas que não rasgue quando estiverem a rechear.
• Para ajudar o manuseamento da massa podem untar as mãos com azeite.
• Cortar a massa em círculos com a ajuda de um copo ou tigela.
Lembrem-se … quanto mais pequenos os círculos mais dumplings vão ter de montar.
• Adicionar uma ou duas colheres de recheio e fechar a massa.

No youtube, se pesquisarem por “fold dumpling” vão encontrar centenas de vídeos que ensinam a montar os dumplings desde a forma mais simples à mais criativa.


O último passo é cozinhar os dumplings. Podem fazê-lo de duas formas: ou fritam ou cozinham a vapor. Eu geralmente opto pela segunda opção.

Para cozinhar a vapor utilizo a varoma da Bimby, mas também podem utilizar aqueles acessórios que se montam nas panelas para cozinhar a vapor.

Assim, para cozer a vapor na Bimby, devem colocar 1L de água no copo e programar 10min./vel.1./varoma
Enquanto a água aquece, forrar os tabuleiros da varoma com papel vegetal molhado e espremido e pincelar com azeite .
Convém não tapar todos os furos para haver circulação de vapor.
De seguida colocar os dumplings sobre o papel vegetal e programar 25min./varoma/vel.1.


Os dumplings servem bem acompanhados com molho de soja, chutney ou outro molho a vosso gosto.

Tofu à Gomes de sá

Ingredientes:⁣
• 700g batata ⁣
• 4 ovos cozidos⁣
• 200g tofu (usei com sabor a manjericão)⁣
• 140g cebola cortada em meias luas bem fininhas ⁣
• salsa picada ⁣
• 100g azeitonas pretas ⁣
• sal ⁣
• pimenta ⁣
• azeite⁣

Modo de preparação:⁣
• cozer as batatas com casca em água com sal ⁣
• depois de cozidas (cuidado para não ficarem cozidas demais) cortar em rodelas grossas⁣
• aquecer um fio de azeite numa frigideira larga e adicionar a cebola ⁣
• quando a cebola já estiver bem macia , juntar o tofu cortado em cubos ⁣
• cozinhar cerca de 3/4 minutos até o tofu começar a ficar dourado⁣
• temperar com sal e pimenta ⁣
• adicionar as azeitonas ⁣
• juntar os ovos e as batatas cortados em rodelas⁣
• rectificar o tempero ⁣
• polvilhar com salsa picada ⁣

Nota: caso optem por utilizar tofu normal (sem sabor) recomendo que façam antes uma boa marinada com vinho, alho, louro , sal e pimenta e deixem o tofu absorver o tempero por algumas horas. ⁣

Medalhões de ervilhas e hortelã

Ingredientes:
350g ervilhas congeladas
•250g millet cozido (também podem usar sobras de arroz cozido)
•1/2 cebola (60g)
•1 mão cheia de folhas de hortelã (~2g)
•100g flocos de aveia
•1 ovo
•sal e pimenta a gosto
•pão ralado aromatizado com ervas q.b.

Modo de preparação:
• cozer as ervilhas ;
• triturar grosseiramente todos os ingredientes com excepção do pão ralado;
• colocar a mistura cerca de 1 hora no frigorífico;
• moldar medalhões com a ajuda de um pouco de pão ralado;
• levar novamente ao frigorífico para ficarem bem firmes;
• cozinhar numa frigideira untada com óleo de coco ou azeite ou no forno até ficarem dourados dos dois lados.

Esta receita rendeu 13 medalhões de 60g.

Caso pretendam , podem congelar os medalhões.

Sopa de hortelã e ovo

Se tivesse de escolher uma sopa de infância seria definitivamente esta! A única sopa que eu realmente gostava de comer em miúda.

A receita da minha mãe é bem simples: um puré de batata com rodelas de ovo e hortelã. Tão simples e no entanto tão boa e reconfortante.

Desta vez decidi enriquecer um pouco mais a sopa e juntei mais alguns legumes à base.⁣

Ingredientes:
•200g chuchu⁣
•250g batata ⁣
•1/2 cebola⁣
•350g courgette (usei com casca)⁣
•1 dente de alho ⁣
•30g hortelã (amarrar os pés de hortelã com um cordel para ser mais fácil de retirar)⁣
•4 ovos cozidos⁣
• sal⁣

Modo de preparação:
• cortar os vegetais em cubos , cobrir com água e cozinhar juntamente com a hortelã e uma pitada de sal.⁣
• retirar a hortelã e triturar os vegetais ⁣
• adicionar os ovos cortados em rodelas e umas folhas de hortelã frescas